Alunos do bacharelado em Educação Física do UniToledo orientam população sobre qualidade de vida

Guilherme Modesto – 06/04/2017

ed_fisica_ori_interna1 ed_fisica_ori_interna2 ed_fisica_ori_interna3

Os alunos do 7º semestre do curso estão organizados em dois pontos da cidade: um na pista de atletismo do Estádio Municipal Adhemar de Barros e o outro no final da avenida Pompeu de Toledo

Os alunos do 7º semestre do curso estão organizados em dois pontos da cidade: um na pista de atletismo do Estádio Municipal Adhemar de Barros e o outro no final da avenida Pompeu de Toledo

A junção da teoria com a prática sempre foi um dos métodos mais eficazes na formação do futuro profissional que realiza a graduação no Centro Universitário Toledo. Entre as diversas atividades que os cursos da instituição promovem, o curso de bacharelado em Educação Física organizou nos dias 6 e 13 de abril ação de orientação sobre qualidade de vida. Entre os serviços oferecidos à população, estiveram coleta de dados sobre dobras cutâneas, avaliação da composição corporal como: porcentagem de gordura, peso, massa magra, peso ideal, pressão arterial, flexibilidade e alongamento.

Os alunos do 7º semestre do curso estão organizados em dois pontos da cidade. Um grupo esteve no Campus 2 do UniToledo, localizado no Estádio Municipal Adhemar de Barros, e o outro no final da avenida Pompeu de Toledo. O horário de atendimento é das 19h às 21h. No dia 27 de abril, a atividade se repetirá.

O professor Elias Paes de Souza, docente há mais de 25 anos na instituição, é responsável pela disciplina Cineantropometria, matéria sobre medidas e avaliações. O educador físico explica que o objetivo da atividade, além de proporcionar conhecimento fora do âmbito acadêmico, possibilita também a comunidade que, muitas vezes, não tem o controle ou condições financeiras de realizar uma avaliação e a oportunidade de fazer o teste.

Elias fala também sobre a disposição e o comprometimento dos alunos. “Eles são muito empenhados em aprender e interagir com as pessoas, dando orientações dos resultados coletados, pois dessa forma adquirem mais confiança”.

Emanuelle Bianca Mantovanelli, de 22 anos, aluna do 7º semestre e estagiária na Secretaria de Esportes do Município, conta sobre a atividade na qual fez parte. “A importância é a comunicação, abordagem, orientação sobre a importância da prática de atividade física e mostrar as pessoas o que elas podem fazer para melhorar a qualidade de vida”.

A graduanda não deixa de explicar que, além dos métodos aprendidos durante o curso, toda a turma passou por um treinamento antes de atender a comunidade.

“O UniToledo contribui com a qualidade acadêmica e desempenho dos professores. O aprendizado não é só em sala de aula, precisamos da prática. Foi importante os investimentos realizados na Educação Física. Os materiais retirados da nova academia da instituição e levados para o teste, permitiu que vivenciássemos e conhecêssemos os aparelhos que, muitas vezes, não são encontrados no local de estágio”, enfatiza Emanuelle.