Alunos de Engenharia Civil utilizam praças do UniToledo como campo de aprendizado de Topografia

Guilherme Modesto

civil

Quem circula pelas praças do UniToledo certamente já presenciou um grupo de alunos observando a paisagem por uma espécie de equipamento apoiado por um tripé. O que muita gente não sabe é que este instrumento é o teodolito, utilizado pelos alunos para medir a topografia dos ambientes.

No dia 2 de maio, a turma do 5º semestre de Engenharia Civil realizou a atividade da disciplina de Topografia na Praça Afonso Toledo. O professor Gustavo Henrique de Oliveira acompanhou os acadêmicos durante a prática e orientou sobre o manuseio do equipamento.

Segundo o docente, antes da aula prática os alunos tiveram a introdução à disciplina com os conceitos básicos e evolução histórica da ciência topográfica, os conceitos de superfície terrestre, desenho e escala cartográfica; materiais, métodos e erros na topografia; levantamentos topográficos; geoprocessamento e terraplanagem.

“As aulas práticas envolveram níveis e teodolitos, tanto em sala quanto em campo, além de avaliações em grupo e individualmente”, explicou. “A atividade acrescentará preparo científico e técnico para a resolução de problemas e atuação na realização e fiscalização da topografia em canteiros de obras e projetos”, completou Gustavo.

O professor parabeniza a instituição por contribuir de forma a dar autonomia aos docentes em relação à disciplina, infraestrutura e apoio aos alunos, dois fatores que com certeza fazem a diferença no processo de ensino aprendizagem.

“A atividade de topografia é desenvolvida em todos os setores da sociedade, em ambientes rurais e urbanos, sendo assim, o profissional desta área deve estar atualizado sobre as novas metodologias, equipamentos e tecnologia no desenvolvimento de sua função”, concluiu.

Edição: Barbara Franchesca do Nascimento