Iniciação Científica: conheça os ganhadores do I Prêmio Jovem Pesquisador UniToledo

Aline Ceolin – 17/08/2017

site 1 SITE 2

O Prêmio Jovem Pesquisador UniToledo destacou os três melhores trabalhos de iniciação científica enviados ao Enpex de 2016

Prêmio Jovem Pesquisador UniToledo destacou os três melhores trabalhos de iniciação científica enviados ao Enpex 2016

A primeira edição do Prêmio Jovem Pesquisador UniToledo abriu inscrições na edição do ano passado do Enpex (Encontro de Pesquisa e Extensão) da instituição para premiar os três melhores trabalhos de iniciação científica enviados ao evento, com o objetivo de incentivar a prática da pesquisa entre os alunos da instituição e reconhecer o valor das pesquisas desenvolvidas.

No último dia 17 de agosto, os vencedores puderam ser conhecidos e premiados. Em primeiro lugar, ficaram os alunos do curso de Engenharia Elétrica Jander Hernandes e Guilherme Ferreira Aragão com o projeto “Bengala Automatizada Para Deficientes Visuais”, orientado pelo docente Fernando Parra Dos Anjos Lima.

No segundo lugar, ficou o aluno do curso de Engenharia Civil Antônio Carlos Vilella Caldeira com o projeto “Reutilização de Resíduos da Construção Civil na Substituição Total de Agregados Miúdos e Graúdo na Produção de Blocos de Vedação”, orientado pelo professor e coordenador Pedro Sergio Hortolani.

Já a pesquisa “Lixeira Automatizada para Deficientes Físicos”, desenvolvida pelos alunos de Engenharia Elétrica Márcio Renan Almeida e Denis Eduardo Maesta sob a orientação do professor Fernanda Parra Dos Anjos Lima, levou o terceiro lugar.

PRÊMIOS

Jander e Guilherme ganharam inscrição em congresso científico de até R$ 300,00 mais um vale livro no valor de R$ 200,00. Antônio Carlos recebeu um vale livro de R$ 200,00 e Márcio e Denis foram contemplados com o de R$ 150,00.

O coordenador de Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária do UniToledo, Sergio Mazini, ressalta que a pesquisa desenvolvida pelos alunos por meio da iniciação científica auxilia no desenvolvimento do senso crítico, poder de argumentação, auxiliando, inclusive, na forma como os alunos se organizam para estudar.

“A contribuição com o futuro profissional é significativa a partir do momento que contribui na formação de profissionais mais preparados para enfrentar as questões diárias de suas profissões”, conclui.

Edição: Barbara Franchesca Nascimento