Design Thinking é tema de estudos por Grupo de Pesquisa do UniToledo

 

 

 

 

 

Pablo Felipe

site 1 site 2

Além do professor Claudio Boni, fazem parte do grupo de pesquisa denominado “Thinking” o mestre Michel Silvestre de Souza, a aluna do 8° semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo Anna Silvia Ramos de Oliveira e mais quatro acadêmicos.

Além do professor Claudio Boni, fazem parte do grupo de pesquisa denominado “Thinking” o mestre Michel Silvestre de Souza, a aluna do 8° semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo Anna Silvia Ramos de Oliveira e mais quatro acadêmicos.

O UniToledo incentiva os acadêmicos na busca por novos conhecimentos e experiências também por meio dos grupos de pesquisas. O professor Claudio Roberto Boni, que ministra aulas desde 2012 nos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores no UniToledo, é especialista em gestão de design e mestre em design e está à frente do grupo de pesquisa denominado “Thinking”.

De acordo com Boni, o objetivo da linha de pesquisa é analisar e propor soluções para problemas sociais, utilizando o design thinking como abordagem e também visa aproximar o meio acadêmico de problemas enfrentados pela sociedade.

Além de Claudio, fazem parte do grupo o mestre Michel Silvestre de Souza, que ministra aulas nos mesmos cursos, a aluna do 8° semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo Anna Silvia Ramos de Oliveira e mais quatro acadêmicos.

Claudio explica que os temas das pesquisas foram divididos por módulos anuais, no semestre passado trataram dos problemas no transporte público de Araçatuba onde estão utilizando o design thinking na prática, para analisar a situação real e confrontar as informações com as diretrizes de alguns autores do urbanismo.

“Com olhar mais empático, podemos entender problemas vivenciados diariamente pelos usuários e colaboradores do serviço de transporte público”, ressalta. Além disso, o docente ainda afirma que o urbanismo os direcionou para o melhor entendimento e geração de soluções para a atual situação.

“Nossa proposta é tornar o serviço mais agradável para os usuários e mais atrativo para aqueles que não o utilizam”, explica Boni.

IMPORTANTE

O professor destaca que entre todos os benefícios da formação dos grupos podem ser observados a aproximação dos alunos, além de ampliar a visão do mesmo em relação ao seu papel perante a sociedade, pois começa a se ver como um agente transformador e aumenta o seu conhecimento, uma vez que se torna pesquisador de determinado tema.

“Participando de grupos de pesquisa, o aluno se torna mais questionador, já que entende que as fontes, bases são importantes para a formação do professor. O acadêmico cria possibilidades para o futuro, prevendo até o desenvolvimento da carreira acadêmica”, aponta o docente.

CONQUISTAS

O grupo coleciona conquistas, dentre elas destacam-se dois artigos que foram enviados para uma revista conceituada na área de arquitetura, e, segundo Claudio, outro artigo, foi um grande feito, a acadêmica Anna desenhou o mapa de todo o sistema de transporte público da Araçatuba, utilizando do Google Maps e softwares de edição gráfica.

“Este mapa não existia anteriormente e conseguimos facilitar muito a vida dos usuários”, explica Boni. Outra conquista foi o workshop de design thinking que já foi ministrado para mais setenta professores da instituição.

Edição: Aline Ceolin